Cadastre seu e-mail!

Pesquisar

Cosméticos para o cuidado específico da área dos olhos

Compartilhe!
Produtos destinados para embelezar, perfumar, limpar e rituais associando diversas composições existem desde o início da civilização, porém a preocupação em disponibilizar produtos seguros, com qualidade e eficientes aos consumidores é muito recente! Organizações sanitárias, como a ANVISA - que também regula medicamentos e suplementos alimentares - no Brasil, e o FDA nos Estados Unidos, controlam esse setor que cresce a ritmo acelerado, muito impulsionado pela industrialização e desenvolvimento técnico-científico das matérias-primas e ingredientes ativos.  

A pele tem por função principal, proteger o organismo das agressões ambientais. O tecido cutâneo, representado por diversas camadas (estrato córneo, epiderme, derme e tecido subcutâneo) está associado à água, gordura, proteínas estruturais, além de vasos sanguíneos e sistema de defesa para regular a integridade, elasticidade e até a temperatura da pele. Diferenças fisiológicas entre o que essas camadas apresentam em relação à todos os indivíduos, resulta no que conhecemos como pele seca, oleosa, mista, sensível ou hiper reativa, bem como sujeita à se manchar ou envelhecer.

Designed by Freepik
A pele da região ocular, por exemplo, apresenta menor espessura quando comparada às outras áreas. É por isso que nessa área, os primeiros sinais de envelhecimento como rugas, olheiras e bolsas, aparecem. É uma área extremamente delicada, fina e com pouco gordura subcutânea. A dúvida recebida questiona se produtos antissinais podem causar ardência, vermelhidão, lacrimejamento e sensibilidade na área dos olhos.
Produtos que apresentam filtros solares químicos deixam o consumidor mais suscetíveis para apresentar reações alérgicas na área próxima aos olhos. Portanto escolha opções com filtros físicos, e nunca abra mão do óculos de sol - são eles que realmente protegem contra ação danosa dos raios ultravioleta. De maneira contrária - isto é, para reduzir manifestações adversas, dimethicone, é um ingrediente adicionado à produtos limpadores para reduzir a irritação ocular.

Os cosméticos para área dos olhos prometem recuperar a aparência jovial através da melhora da hidratação, da manutenção fisiológica para produzir colágeno e elastina (proteínas estruturais que ajudam na sustentação e flexibilidade) bem como recuperar a fragilidade vascular, o que provoca olheiras e bolsas.

Designed by Freepik
Maquiagem para a área dos olhos, tais como as máscaras para cílios, sombras ou delineadores, apresentam fórmula específica. As máscaras, por exemplo, precisam evaporar a quantidade de água rapidamente, e as que são identificadas como “resistente à água, apresentam alta carga de ceras.

Para produtos específicos, seja cosméticos ou maquiagens, para a área dos olhos, o mais importante é avaliar no rótulo os testes de segurança que identificam que o produto foi testado oftalmologicamente, além de ser hipoalergênico (ter capacidade reduzida de causar alergia) e dermatologicamente aprovado. A procedência do produto é outro fator crucial. Cuide bem da “janela da alma”! Faça consulta periódica com seu oftalmologista e antes de aplicar um produto próximo a área ocular, faça um teste se terá alergia em outra região do corpo.

Referências:
1- André O. Barel, Marc Paye & Howard I Maibach. Handook of Cosmetic Science and Technology. 3rd Ed. 2009.
2 - Fatemeh Ahmadraji &Mohammad Ali Shatalebi. Evaluation of the clinical efficacy and safety of an eye counter pad containing caffeine and vitamin K in emulsified Emu oil base. Adv Biomed Res. 10.  2015. Disponível em https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4300604/

Compartilhe!

Cosméticos

Deixe um comentário:

0 comments: