terça-feira, 24 de setembro de 2013

CFF comemora Dia do Farmacêutico com boas notícias para a categoria

Os consultores ad hoc e os assessores técnicos do Conselho Federal de Farmácia (CFF) apresentaram no dia 24 de setembro, durante a 411ª Reunião Plenária, realizada em Brasília, os textos finais de duas importantes resoluções para a categoria e para a saúde pública brasileira: a primeira regulamenta as atribuições clínicas do farmacêutico. A segunda institui a prescrição farmacêutica, no Brasil. As resoluções serão publicadas, nos próximos dias, como parte das atividades da Semana do Farmacêutico.

ATRIBUIÇÕES CLÍNICAS - De acordo com a resolução aprovada pelo plenário do CFF, as atribuições clínicas do farmacêutico visam à promoção, proteção e recuperação da saúde. Segundo a proposta, são atribuições clínicas do farmacêutico estabelecer e conduzir uma relação de cuidado centrada no paciente, segundo preceitos profissionais e bioéticos, e participar da avaliação da farmacoterapia. Ele deve contribuir para que o paciente utilize os medicamentos nas doses, vias de administração e duração adequadas e de forma segura, pois assim ele terá condições de realizar o tratamento conforme recomendado pela equipe de saúde.

PRESCRIÇÃO - A resolução que institui a prescrição farmacêutica no Brasil será publicada nesta semana no Diário Oficial da União (DOU) porque representa um marco regulatório para a profissão. Aprovada em plenária nos dias 29 e 30 de agosto, em Ponta Porã (MS), a normativa autoriza os farmacêuticos brasileiros a prescreverem medicamentos sem tarja (de venda livre), plantas medicinais, drogas vegetais e fitoterápicos também isentos de prescrição médica. No caso de medicamentos que exijam prescrição médica, o farmacêutico atuará em colaboração com os prescritores, mas essa atuação dependerá de regulamentação. CLIQUE AQUI E ACESSE A ÍNTEGRA DA RESOLUÇÃO

A prescrição em colaboração deverá se restringir a situações específicas, como o acompanhamento de doentes crônicos inseridos nos Programas do Ministério da Saúde e atendidos na rede pública. O CFF vai propor protocolos institucionais ou normativas técnicas a serem estabelecidas pelo órgão e demais esferas de gestão sanitária. Os protocolos deverão ser construídos em parceria com entidades representativas dos demais prescritores, entre as quais, o Conselho Federal de Medicina (CFM).

De acordo com o Presidente do CFF, Walter Jorge João, a publicação das duas resoluções e o apoio do CFF ao Portal do Farmacêutico Clínico representam o ponto de partida de um projeto de valorização do profissional que atua na área clínica, e da melhoria na qualidade dos serviços de saúde. “Encaramos a aprovação dessas resoluções como um passo dado rumo a um objetivo maior. No início de 2014, o CFF disponibilizará um curso de pós-graduação ( especialização profissional) na área da farmácia clínica, que será ministrado à distância (EAD). O objetivo maior é, sempre, oferecer os melhores serviços à população”, completou Walter Jorge João.
A publicação das resoluções citadas faz parte das comemorações da Semana do Farmacêutico, instituída também por meio de resolução pelo CFF. A partir deste ano, todos os anos, na semana do dia 25 de setembro, Dia Internacional do Farmacêutico, uma série de atividades promovidas pelo CFF e pelos Conselhos Regionais de Farmácia, lembrará a data, sempre a partir de um tema específico”, destaca Valmir de Santi, Vice-Presidente do CFF.

O tema deste ano é “O coração e o uso de medicamentos”, em função da proximidade do Dia do Farmacêutico com o Dia do Coração, 30 de setembro. “O farmacêutico é o profissional com conhecimento para prestar cuidados e promover o uso correto de medicamentos, entre eles, os que tratam das doenças do coração”, comenta o Presidente do CFF.


Fonte: CFF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...>